Marketing para restaurante e o seu papel na captação e retenção de clientes!

7 minutos para ler

O mercado de alimentação está cada vez mais competitivo. Negócios que não conseguem se sobressair à concorrência acabam com resultados abaixo do desejado, algumas vezes, até com prejuízo. Nesse contexto, o marketing para restaurantes tem papel essencial.

Em resumo, pense no marketing como um conjunto de práticas para atrair e estimular os consumidores certos, além de ganhar sua lealdade. Isso resulta em uma série de benefícios para o restaurante, que pode se consolidar no mercado e obter rendimentos superiores.

Nos tópicos seguintes, detalhamos a importância do marketing para restaurantes e como ele pode ser aproveitado dentro do seu estabelecimento. Portanto, continue com a leitura!

Qual a importância do marketing para restaurante?

Por uma série de razões, os clientes estão mais seletivos. Eles desejam uma alimentação de qualidade, por um preço razoável e em um restaurante com boa reputação. Nesse contexto, é preciso saber como usar o marketing a seu favor. Existem vários benefícios, entre eles:

  • aumento do prestígio do restaurante;
  • fidelização de uma taxa superior de consumidores;
  • aumento da atratividade e captação de clientes;
  • maior liberdade para formação de preços;
  • maior nível de diferenciação da concorrência;
  • aumento das receitas financeiras e resultado líquido;
  • promoção de um marketing boca a boca positivo.

Tendo isso em vista, é possível dizer que um bom plano de marketing é essencial. Ele não só ajuda a atrair e reter clientes, como também, torna o negócio mais rentável e competitivo.

Contudo, restaurantes que deixam o assunto de lado podem ter efeito oposto. Em primeiro lugar, eles são menos lembrados que seus concorrentes, o que resulta em um menor fluxo de cliente e, portanto, de recursos financeiros. Logo, sua sobrevivência é ameaçada.

Como adotar uma boa estratégia de marketing no restaurante?

Que marketing é importante, já deu para perceber. A questão, agora, é como adotar as melhores estratégias no restaurante? Há muitas dicas úteis, confira as principais!

Conheça bem o seu público-alvo

Há um velho conceito do marketing chamado público-alvo. Em poucas palavras, diz respeito ao segmento predominante de clientes a que seu restaurante atende. É interessante conhecê-lo, pois ele determina toda a direção da sua estratégia de marketing.

Para segmentar seu público, é interessante pensar:

  • qual a idade média dos seus clientes?
  • em qual classe social (A, B, C, D ou E) eles se encaixam?
  • quais são seus hábitos sociais?
  • qual é o seu nível de escolaridade?

Há duas formas de responder a essas questões: com dados “duros”, extraídos de relatórios e softwares gerenciais e com base na experiência e intuição, assumindo maior margem de erro. Em ambos os casos, no fim das contas, terá maior clareza sobre quem é o seu cliente.

Elabore bons programas de fidelização

O programa de fidelização tem um objetivo bastante óbvio: manter os clientes dentro do seu restaurante e longe da concorrência. No entanto, é preciso que ele seja bem direcionado, adequado ao público-alvo do estabelecimento.

Campanhas do tipo “traga um amigo e ganhe descontos” ou “a cada 9 refeições, a próxima é de graça” podem ajudar na fidelização. Também existem outras mais sutis, como o uso de cartões de fidelidade, que podem ser recarregados e ainda render benefícios extras.

A melhor campanha depende do perfil do seu público. É preciso compreender que clientes fiéis confiam no restaurante, costumam gastar mais nas suas visitas e, além de tudo, fazem um marketing boca a boca positivo. Logo, há múltiplos benefícios.

Esclareça seu diferencial competitivo

“A vaca roxa” é um grande livro de marketing, escrito por Seth Godin. Sua teoria é simples: uma vaca roxa não passa despercebida, ela facilmente se destaca das outras. Sua empresa também não pode passar em branco: é preciso que ela se destaque no mercado.

Para definir seu diferencial, pense no seguinte: “no meu mercado local, o que só eu faço ou faço melhor que meus competidores?” A resposta pode ser seu diferencial competitivo. Se não consegue pensar em nada, trate de idealizar e desenvolver um diferencial.

Depois, comunique isso com clareza para os clientes. Diga, com todas as palavras, somos os melhores nisso ou naquilo — depois, mostre isso na prática. Assumir um diferencial é crucial para o marketing, agrega valor ao seu restaurante e promove um maior fluxo de clientes.

Esteja presente nas redes sociais

Seja qual for o seu público-alvo, é muito provável que ele esteja nas redes sociais. Então, é um lugar que seu restaurante também deve estar. No entanto, lembre-se de que existem várias redes sociais e elas atendem a diferentes perfis de pessoas. Algumas das principais são:

  • Facebook;
  • LinkedIn;
  • Twitter;
  • Instagram.

Se seu restaurante é mais versátil, o Facebook pode ser uma ótima rede social. Se atende a um público mais jovem, o Instagram é bom. Mas se deseja se conectar às empresas e seus funcionários, o LinkedIn é um meio mais adequado.

Todavia, é interessante contar com três coisas: boa comunicação, qualidade de imagens e transparência. Pior do que não estar nas redes sociais, é fazer feio por lá. Então, compartilhe boas fotos do seu restaurante e comunique-se bem com seus potenciais consumidores.

Realize eventos interessantes

Por fim, aproveite alguns dias da semana para realizar eventos interessantes, como uma noite com temática do Hawaii ou show com músicos regionais. Isso ajuda a movimentar o restaurante e quebrar a mesmice, além de atrair mais consumidores.

Para definir o melhor evento, o ideal é conversar com seus atuais consumidores. O que eles gostariam de diferente? Que tipo de música costumam ouvir? Para onde gostam de viajar? Esses pequenos insights podem ajudar a criar um evento divertido e atraente.

Como saber se o marketing tem dado certo?

Agora que entende a importância e como fazer marketing no restaurante, fica uma última dúvida: como saber se sua estratégia tem dado certo? Simples: pelos números. É necessário monitorar os dados do restaurante e avaliar o progresso feito. Veja alguns exemplos!

  • Sua carteira de clientes aumentou ou diminuiu?
  • O valor (R$) médio por pedido cresceu?
  • Quanto tempo, em média, os consumidores ficam no restaurante?
  • O número de pedidos de entrega disparou?
  • E o faturamento, subiu?
  • Suas redes sociais foram mais visualizadas nos últimos meses?

Em resumo: se seus números estão melhorando, é sinal de que a estratégia de marketing está funcionando muito bem. Por outro lado, se eles estão estagnados ou em declínio, é um demonstrativo de que precisa refletir mais um pouco e reformular sua tática.

É hora de colocar a “mão na massa” e fazer o marketing para restaurante trabalhar a seu favor. Comece delimitando seu público, depois crie um programa de fidelização e defina seu diferencial competitivo. Participe mais ativamente das redes sociais e inicie eventos interessantes. Por fim, monitore os resultados.

E então, gostou do nosso artigo? Quer aprender muito mais conosco? É simples: basta nos seguir no Facebook e acompanhar nossas novidades. Vamos lá!

Posts relacionados

Deixe um comentário